Eu tinha um sonho...

Eu sempre tive o sonho de ser mãe, desde pequena fantasiava um mundo em que eu tinha vários filhos, eram bonecas, bonecos, até mesmo algum amiguinho que topava a brincadeira! Era o máximo, trocar a fraldinha, dar a mamadeira de brincadeirinha, fazer dormir, era muito legal, e fácil não é? Era um boneco, apenas acontecia como eu queria e imaginava.

O tempo foi passando eu fui crescendo e aquele sonho ainda existia, não tão vivo, mais ali estava ele! As brincadeiras foram mudando, eu fui crescendo, o tempo muda tudo! Mas bastava observar um bebezinho num carrinho na rua, ou no colo de sua mãe, e pronto o sonho voava na minha mente daquele jeito dos desenhos animados, onde o cheiro atraia o esfomeado. Desse jeitinho mesmo, não penso outra maneira.

SONHO DE SER MÃE

Cresci, conheci o amor, não o amor materno (nessa parte ainda não), o amor me mostrou coisas belas, que podemos amar outra pessoa antes de nós, que podemos nos preocupar com outros além de nós mesmos, eu tinha um sonho, o de ser mãe! Para ser mãe temos que experimentar esse amor que mencionei acima e graças a ele puder conhecer, realizar, satisfazer esse desejo essa coisa maravilhosa que é a maternidade.

SONHO DE SER MÃE
Eu tinha um sonho, o de ter um bebê pequenininho para ninhar, amar, cuidar, zelar, proteger, defender, amar muito, amar demais, amar intensamente, amar de todo meu coração e alma de todas as minhas forças...eu realizei esse sonho, e foi muito melhor do que imaginava, ter algo no seu colo, tão pequeno e indefeso, o primeiro contato, o primeiro toque e o primeiro beijos, são inesquecíveis, e sei, sempre soube que esse sonho na verdade é uma jornada pra vida inteira, jornada essa que nunca, jamais me arrependerei.

Autoria de: Jaqueline Bernardo Costa
Chegou até aqui, deixe seu comentário!


Nenhum comentário:

Postar um comentário