O que faço para não explodir com meu filho

Quando eu (mãe) estou nervosa, o que faço para não explodir com meu filho! Você já se deparou com aquela hora em que você está a ponto de “explodir” e quer descontar sua raiva na primeira pessoa que está na frente? E quem está justamente nessa hora na sua frente??? Exatamente seus filhos.... E ainda para piorar a situação eles testam sua paciência neste exato momento. Então BOMMMMM! Você explode!!! Ou talvez você não tenha passado por essa situação, mas deseja saber o que fazer caso isso ocorra. Então este texto é para você. 
Sem dúvidas ficamos sem paciência em determinados momentos. Afinal a mulher moderna tem que dar conta de várias tarefas, e uma delas inclui a tarefa de ser mãe. Mas em dados momentos, tudo que queremos é nos desligar um pouco, e tentar acalmar o estresse, porém nem sempre é possível não é mesmo? Então vamos para as dicas que podem nos dar aquela ajuda!!!
PACIÊNCIA COM FILHOS

Dica1: Converse com seu filho sobre o que você está sentindo

É ilusão achar que somente porque se tornou mãe seu temperamento irá mudar. Portanto quando você está nervosa você deve falar que está um pouco nervosa. Você pode até pedir para que seu filho não “mexa” com você nesta hora, e que te deixe quieta um pouco.

Dica 2: Explodi de raiva!!! E agora??!!

O que não fazer! Quando isso acontecer não abrace seu filho imediatamente como um sinal de desculpas. Pois ele irá ficar mais confuso. Seu filho não entenderá essa mudança de um “furacão” para de repente “rios de amores”. Ele irá se questionar: - O que aconteceu? O que fazer! Neste momento de risada da situação, e se preferir você pode dizer:- “Eu disse que eu estava nervosa”. Depois de dois ou três anos a criança também tem ataques de fúria, você pode até mencionar isso para ele desta forma: -Está vendo, você as vezes também fica nervoso (a) igual a mamãe.

Dica 3: Coloque humor na tensão

Somos humanos, sentimos, e nem sempre controlamos. Mas sempre que estiver nervosa faça um exercício: Olhe-se no espelho. É tão engraçado quando ficamos nervosa. Talvez você fazendo esse exercício vai até tirar a tensão, e se tranquilizar. Precisamos sempre procurar o equilíbrio das nossas emoções, portanto respire e conte até 10. É certo que hora ou outra a fúria vem, mas não faça disso algo comum, que ocorre com frequência. Afinal de contas, os filhos tendem a copiam os comportamentos dos pais. Portanto cuidado!

Leia também: Você conhece a Síndrome "Mommy" Bournout?


Espero que este texto possa ter ajudado.

PACIÊNCIA COM FILHOS

Por aqui, a gente segue conversando, levantando temas pertinentes e trocando informação. Se preferir entre em contato comigo, terei o enorme prazer de conversar com você.

Um grande abraço!!!

Psicóloga Infantil: Dayane dos Santos Cunha


Publicado por: Jaqueline Bernardo Costa
Chegou até aqui, deixe seu comentário!






Nenhum comentário:

Postar um comentário