O que tem no leite materno?

Devemos considerar o leite materno como um ser vivo, aliás um super-ser vivo. Mas por qual motivo ele é tão bom assim? 

Ele é único, por mais que tentem replicá-lo, há substancias presentes no mesmo que não podem ser copiadas. E cada vez que vão estudá-lo encontram alguma substancia nova com uma nova supercapacidade. Juntos todos os componentes nele presentem foram uma espécie de batalhão que age em várias partes do organismo do bebê! 

E não se trata apenas de carboidratos, proteínas e gorduras! Pois a mãe produz um tipo especifico de leite de acordo com o seu bebê!   Novos anticorpos são produzidos cada vez que a mãe entra em contato com microrganismos prejudiciais ou quando amamenta, pois há troca de microbiota da saliva do bebê para a mãe no ato da amamentação, beijos e carinhos. Isto indica ao sistema imunológico que produza anticorpos que serão passados ao filho em próximas mamadas.

Leia mais: Amamentação em tandem 

Cada mamada é uma vacina! Mas quais são esses componentes todos que o leite materno tem? Como o texto não tem o caráter cientifico, colocarei as informações resumidas e de fácil entendimento. No fim há fonte de pesquisa ondem poderão ter e ver informações mais completas.

GRAFICO DE COMPOSICAO DO LEITE MATERNO

  •  Alfa-lactoalbumina
É a principal proteína do leite materno, representa entre 10-20% do total de proteínas, ela provoca apoptose (“suicídio celular”) de mais de quarenta tipos de câncer.
  • Células Tronco
Estas células têm capacidade de se transformar em tipos diferentes de células no corpo, que atuam como uma espécie de sistema reparador interno. 
  •  Linfócitos T
São importantes na resposta imune citotóxica, eliminando células infectadas por vírus ou células tumorais. Há linfócitos que coordenam e organizam outras células do sistema imune, elas que dizem o que as células devem fazer.
  • Imunoglobulinas (IgA, IgG, IgM e IgD)
As mais importantes são as IgA, que recobrem as mucosas e protegem o bebê da entrada de microrganismos causadores de infecções, como E. coli, salmonella, shigella, estreptococo, estafilococo, pneumococo, poliovirus e rotavirus.
  • Macrófagos e Neutrófilos
São os glóbulos brancos mais comuns do leite materno, e atuam rodeando e destruindo bactérias patológicas. 

  •  Lactoferrina
 É uma proteína que se une ao ferro e atua como defensor, prevenindo o crescimento bacteriano.

  • Citocinas
 Participam de um importante papel da modulação e da proteção do sistema imune do leite materno.

  • Defensinas
  São peptídeos antimicrobianos inatos que participam de maneira importante na defesa contra invasão microbiana.

  •  Fatores de Crescimento
Contribuem para a maturação de sistemas fisiológicos do organismo do bebê, como no desenvolvimento da mucosa intestinal e na imunomodulação. (Fonte)

INFORMACOES DO LEITE MATERNO


 Publicado por: Jaqueline Bernardo Costa
Chegou até aqui, deixe seu comentário!

LOGOTIPO DO BLOG MAOS MEU MENINO MINHA VIDA


Nenhum comentário:

Postar um comentário