Relato de Parto - Fabiana Sá

Olá famílias o texto de hoje é muito especial, por se tratar alguém próxima a mim. Minha amiga Fabiana vai nos contar seu relato de parto, que é muito emocionante e tenho certeza que muitas irão se identificar nessa história cheia de amor e superação! Vem ver!

Tive uma gestação completamente tranquila! Não tive um enjoo se quer, durante todo o período de gestação a pressão estava 12/8. Isabel estava prevista para nascer dia 05/06/2017. Eu estava um pouco mais inchada do que o normal para uma grávida de 6 meses e meio, na quarta feira dia 05/04/2017 fui na minha GO para consulta de pré-natal e minha pressão estava alta 14/11, ela resolveu me colocar de repouso e assim eu fiz, mas estava me sentindo super bem!

Mas no dia 09/04/2017 (domingo), por volta das 4:30 da manhã eu comecei a sentir umas dores no estomago, que pensei que fossem gases, tomei chá de camomila e fiquei andando dentro de casa esperando passar. Por volta das 8:00 a dor passou e eu tive mais um dia normal, fui a igreja, voltei, fiz almoço... Por volta das 18:00 a dor voltou, tomei mais chá, fiquei caminhando dentro de casa e a dor passou novamente. 

Leia mais: Eu tinha um sonho

Por volta das 23:00 a dor veio de novo, falei com meu esposo que ele poderia dormir que eu ficaria caminhando até a dor passar, porém dessa vez a dor não passou, ela só foi aumentando e aumentando... quando deu 1:30 da madrugada de segunda (dia 10/04/2017) eu acordei meu esposo pedindo pra me levar ao hospital porque a dor não tinha passado. 

Quando chegamos ao hospital minha pressão estava muito alta 16/12 (a mínima estava alta) e o médico logo diagnosticou “eclâmpsia” quando li essa palavra no prontuário quase tive um treco, mas logo em seguida ele me falou que eu estava com uma síndrome muito rara, chamada Síndrome Hellp, e que meu bebê deveria ser retirado o quanto antes, pois essa síndrome faz o fígado e os rins entrar em colapso, o fígado começa a liberar umas enzimas que matam as plaquetas e só resolve com a interrupção da gestação e a retirada da placenta. 
Fui encaminhada para a UTI, tomei a injeção de corticoide, porém não tive as 24hs necessárias para que o remédio tenha efeito sobre o bebê.  Como na minha cidade não tem UTIN, tivemos que ir para Belo Horizonte, quando cheguei em Belo Horizonte por volta das 20:00 fui submetida a novos exames para monitorar as plaquetas que nesse momento já estavam super baixas (o normal é de 350.000 mcl e eu estava com 52.000 mcl). Assim que o resultado dos exames saiu, fui encaminhada para sala de parto onde fiz uma cesárea às 23:10 Isabel nasceu, medindo 39cm e pensando 1,300kg, o primeiro apgar de 5 e o segundo de 8. 

Logo que nasceu Isabel teve uma parada cardíaca, foi reanimada e encaminhada para UTIN, com 19 minutos de vida teve outra parada e foi novamente reanimada.
Ficamos 35 dias na UTIN e finalmente tivemos alta e voltamos para casa!

O dia mais esperado, o dia da alta!

Bebel hoje ♥ Uma fofura de criança!

 Publicado por: Jaqueline Bernardo Costa
Chegou até aqui, deixe seu comentário!

Nenhum comentário:

Postar um comentário