Castração: cuidados com a alimentação dos gatos castrados


castração e cuidados com a alimentação dos gatos

castração oferece muitos benefícios à saúde dos felinos. Não é à toa que os médicos veterinários defendem amplamente a cirurgia! O procedimento ajuda a evitar a reprodução desenfreada e, consequentemente, casos de abandono, além de prevenir diversas doenças e deixar os gatos mais tranquilos.

No entanto, gatos castrados podem ganhar peso de forma rápida tornando-se obesos em pouco tempo após a castração se os donos não tomarem medidas em relação à alimentação. Isso acontece porque a castração consiste na retirada dos órgãos responsáveis pela produção de hormônios. Sem esses hormônios, ocorrem alterações comportamentais e metabólicas que levam a algumas consequências naturais, sendo a predisposição à obesidade uma das mais importantes.

Mas isso não deve, de forma alguma, ser impedimento para a opção de castrar. Basta o proprietário se atentar para a questão e prevenir o ganho de peso com alguns cuidados simples que garantem a saúde e a qualidade de vida dos gatos

castração e cuidados com a alimentação dos gatos

castração e cuidados com a alimentação dos gatos

castração e cuidados com a alimentação dos gatos

É muito importante adotar um alimento específico para esses animais. Os alimentos para gatos castrados possuem como foco a manutenção do peso ideal e a prevenção de cálculos urinários. São alimentos especiais, denominados “para castrados”, que possuem formulação com quantidade adequada de gordura e calorias, mais fibras, L-carnitina. O ideal é que atendam ao gato por faixa etária, contemplando assim as necessidades de cada fase da vida.

Atenção: não confunda esse tipo de alimento com produtos “light” ou coadjuvantes da obesidade. Os alimentos Light ou Obesidade se destinam a animais que já estão com excesso de peso instalado. Já os para gatos castrados a proposta é evitar o ganho de peso excessivo e ajudar na manutenção da condição corporal

Além disso, escolha alimentos de categoria Super Premium ou Premium Especial, que contribuem para a saúde completa do bichano castrado, oferecendo controle de formação dos indesejáveis cálculos urinários e prevenção de acúmulo de “bolas de pelo” no trato digestivo. São alimentos com pH balanceado, fontes selecionadas de proteína e fibras de boa qualidade, como a aveia, que ajuda a eliminar as “bolas de pelo” e que ainda podem agregar cuidados para cada faixa de idade. Fique atento para ofertar sempre a quantidade recomendada na embalagem e não “superalimentar” o pet!

Por fim, é muito importante também estimular a atividade física e o gasto de energia, já que os gato castrado torna-se mais sedentário. Vale colocar o potinho de comida em locais altos para que ele tenha que se movimentar mais para alcançá-lo, enriquecer o ambiente com brinquedos diversos e até levá-lo para passear.


Nenhum comentário