Fome Psicológica x Fome Física


Você sabe diferenciar a Fome Física da Fome Psicológica? Neste texto iremos mostrar para vocês!



Você abre a geladeira, procura, procura, procura, e não acha nada – apesar de ela estar cheia de opções! Não é que você esteja com a barriga vazia, mas sente vontade de comer alguma coisa. Se identificou? Pois saiba que isso é bem comum e pode ser a tal da fome psicológica. Sentir fome psicológica é algo absolutamente normal!

A fome física, é o sinal que o corpo manda quando precisa comer para sobreviver, comer nutrientes para realizar suas funções vitais. Aparece em diversas formas como, por exemplo, aquela dorzinha chata no estômago, tontura, dor de cabeça, irritação… Você sabe, instintivamente, que precisa comer alguma coisa senão o seu corpo vai “pifar” ou você vai virar bicho!

Por outro lado, a bendita fome psicológica não tem a ver com as nossas necessidades fisiológicas, e sim, com nosso estado mental. Dentro dela, existem algumas subdivisões que estão sendo estudadas. Acredite: existem muitos tipos de fome!



Que tal começar a prestar mais atenção em que tipo de fome está sentindo? Você tem fome de quê? Respeite-se e cuide-se, você é a melhor pessoa para saber o que precisa nesse momento. Que tal incluir essa pergunta no seu cardápio?

A Janaína é Nutricionista (CRN 15514) e atende em Barra do Garças – MT, atualmente possui um projeto de Grupo de Emagrecimento, você pode saber mais da Jana no Instagram dela: @nutrijanahbrito



Nenhum comentário