Não me dê palpite!



Nosso mundo hoje em dia está repleto de pessoas que acham que o que elas sabem é o melhor que você sabe. Mas não é bem assim concorda?! Em alguns momentos até podemos ser beneficiados com alguma dica/palpite. Mas no geral é algo que a pessoa diz apenas por querer ser melhor que a gente.


Na maternidade e vida pós filhos é assim desse jeito e sinceramente é um saco. Desde a gravidez (ou até mesmo antes dela) ouvimos coisas que não deviam nem de ser dita! Mas infelizmente acontece. Precisamos filtrar tudo e qualquer palavra e tentar ao máximo não se colocar ao patamar da palpiteira ou palpiteiro.

Durante a gravidez, após o nascimento, na amamentação, na introdução alimentar, no desenvolvimento, em toda ocasião, vai ter alguém que acha que sabe o que é melhor para o seu filho ou até mesmo para você. Palpites e até mesmo pequenas (nada pequenas) humilhações. Sim humilhações também acontecem com bastante frequência!

O motivo deste meu texto é, todos somos suscetíveis a receber (e também damos né?) palpites. Por mais que irrite temos que sempre ter em mente que NÓS SOMOS AS MÃES DOS NOSSOS FILHOS. Nós que passamos praticamente o dia todo com eles e conhecemos eles melhor que ninguém. Não se deixe influenciar! Não se deixe levar, seja firme e confiante no que você leu e estudou, durante todo o processo da gravidez até onde você está atualmente!

Se tiver dúvidas procure fontes confiáveis. Na internet há muita informação péssima, mas também há aquelas que são confiáveis e super necessárias para remover antigos pensamentos, o que era bom numa época passada, pode não ser nada legal atualmente. Não desista! Hoje em dia há diversos estudos e informações que até então não existiam. Esse negócio de no meu tempo não existia é uma furada, pois os tempos mudam e as informações também. Acredite em você, você é quem manda. Respire fundo e siga seu coração, sua mente e sua intuição. Uma mãe sempre sabe.



Nenhum comentário